banner avimig interno.jpg

NOTÍCIAS

Como obter um ovo de melhor qualidade?


Manter as características originais e a integridade do ovo mesmo depois de lavado é uma das preocupações dos produtores que buscam oferecer um produto de qualidade ao seu consumidor.


Quando pensamos em produção de ovos de melhor qualidade, dois importantes aspectos devem ser observados: a higiene e o controle do processo produtivo. Aves bem instaladas com ambiente e cama adequados e um esquema de sanidade voltado aos desafios diários são fundamentais. Aliados a isso, a vacinação atualizada, água fresca e corrente isentas de patógenos, ração de boa qualidade e uma boa genética da ave associada a biosseguridade são procedimentos que contribuem para a obtenção de um ovo de melhor qualidade.


Naturalmente os ovos têm sua proteção na casca, onde se encontram milhares de poros e ocorrem as trocas gasosas com a entrada de O2 e saída de CO2. Estes poros contêm cutículas compostas de enzimas e proteínas com ação bactericida e fungicida. Para que esses ovos cheguem à casa do consumidor com a sua qualidade original, a integridade da casca é a principal barreira para garantir o conteúdo interno.


A casca impede a contaminação desde a postura e armazenamento, passando por sistemas automatizados que podem levar a trincas e quebra dos ovos. Por isso, ela deve ser resistente, limpa, íntegra e sem deformações. Confira a seguir algumas dicas de como realizar um procedimento eficiente de lavagem dos ovos.


Processo de lavagem dos ovos

As boas práticas de fabricação contribuem para a qualidade do ovo e para um melhor aspecto externo e com uma casca isenta de trincas ou rachaduras. Ovos provenientes de um processo seguro e com bons padrões de biosseguridade, garantem melhor valor agregado no mercado.

Boas Prática de Fabricação contribuem para a qualidade do ovo, aspecto bonito e com casca isenta de trincas ou rachaduras


Porém, alguns métodos de lavagem - com escovas, água sobre pressão e a composição do sanitizante - acabam interferindo na cutícula, causando avarias ou retirando, assim, a proteção natural do ovo. Além disso, água com alta quantidade de ferro e pH altos ou muito baixos influencia na capacidade de limpeza dos sanitizantes. Isso significa que a ação do sanitizante seria prejudicada e as bactérias e fungos não seriam eliminados, além disso, o período de proteção seria reduzido.


Se usado o método certo e o sanitizante adequado, mantendo a qualidade da água e a biossegurança das granjas, a lavagem do ovo pode auxiliar na proteção contra agentes causadores de doenças presentes na casca dos ovos.


O fluxograma a seguir apresenta um modelo de procedimento que pode ser utilizado para obtenção de um ovo de qualidade, passando por um processo adequado de lavagem.


1. Processo produtivo

2. Lavagem de ovos com EnziprimeEgg

3. Tempo de ação das enzimas na casca dos ovos (até 2 min)

4. Lavagem com escovas e água (35° a 45 °C)

5. Secagem de ovos

6. Seleção de ovos sujos


Para completar o processo de limpeza dos ovos é indicado utilizar um produto que permita a higienização do ovo, sem agredir sua película protetora. É necessário também que seja eficiente, seguro para manipulação e que não agrida os utensílios ou o produto.


Para remoção de sujidades nos ovos: blend de enzimas

EnziprimeEgg é um blend de enzimas, registrado e certificado para o processo de lavagem de ovos, que auxilia na retirada de sujidades extremas e secas na casca do ovo.


A ação de EnziprimeEgg na casca do ovo, permite um aspecto “mais branco”, sem a aparência amarelada ocasionada pelo uso em excesso do cloro. Da mesma forma nos ovos vermelhos, o blend enzimático evita manchas aparentes que ocasionam uma condição opaca no produto.


A utilização deste blend enzimático não só melhora o processo de limpeza, como há uma redução em torno de 60% do uso de água no processo automatizado de lavagem. Além disso, há uma diminuição na aplicação do cloro no processo, trazendo assim, mais economia nos custos operacionais.


Adicionalmente, há uma queda no reprocesso de lavagem, uma vez que o ovo não fica tão enfraquecido com as lavagens, reduzindo assim a quantidade de ovos quebrados, trincados e os descartes industriais, ao serem retirados e manuseados.

Ação de EnziprimeEgg em relação ao reprocesso de lavagem de ovos sujos

A melhoria do processo de produção é uma das vantagens que podem ser percebidas com o uso do detergente enzimático. Sem a utilização do produto eram necessárias duas ou mais relavagens.


Em testes realizados em granjas foi constatado que a utilização de EnziprimeEgg permitiu o aumento do shelf-life do ovo. Isso foi possível em razão da ação do produto no processo de lavagem, que reduziu a agressão na camada protetora natural, não alterando sua porosidade.


Além disso, as enzimas com ação antifúngicas presentes minimizam o cheiro característico do produto na embalagem e no ambiente de classificação dos ovos, onde é comum o odor se misturar com o do cloro, ocasionando irritações a quem manipula. A redução do odor também se percebe no momento da secagem e embalagem dos ovos.


Com um processo adequado de lavagem de ovos, todos saem ganhando:

· O produtor melhora sua produtividade e a qualidade dos ovos;

· Os varejistas e atacadistas comercializam um produto com maior tempo de prateleira e valor agregado;

· E o consumidor também ganha com produtos seguros, saudáveis e acessíveis.


Quer saber mais sobre como manter a qualidade do ovo? Então leia o artigo sobre a relação entre uma ração balanceada e a qualidade do ovo.


Autor: Rafael Soares - Médico Veterinário formado pela Universidade de Vila Velha (UVV), mestrando em produção animal na Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Coordenador Técnico da Divisão Animal da BTA Aditivos.

26 visualizações0 comentário